Declaração De Frequência Escolar Para Bolsa Família

O Bolsa Família é um dos benefícios que mais contribuem com a população brasileira. Estabelecido pelo Governo Federal com o objetivo de diminuir a desigualdade é uma alternativa para que as famílias em pobreza ou extrema pobreza que se enquadrem nos requisitos possam ter uma vida um pouco mais digna. Porém, para que o benefício possa ser recebido de forma adequada há algumas questões que precisam ser cumpridas pela família que recebe o auxílio, para isso, falaremos sobre a declaração de frequência escolar para Bolsa Família.

Muitas pessoas se confundem acreditando que uma vez que são beneficiados pelo Bolsa Família não precisam cumprir ou passar por avaliações para ver se o auxílio ainda é necessário ou válido. Mas isso acaba resultando em surpresas não muito agradáveis no momento de ter o benefício bloqueado.

Quando a renda é ultrapassada ou há alguma falta de informação com o cadastro o Governo Federal retém o valor do benefício até que o titular aclare o que houve. Porém, um dos motivos mais comuns para ter o Bolsa Família suspenso ou até bloqueado é por declaração de frequência escolar.

E é porque devido a ter como objetivo a redução de desigualdade um dos requisitos é que as famílias que recebem o benefício precisam mandar todos os seus filhos em idade escolar às aulas obtendo uma frequência de 75%. Sendo assim, é necessário que seus filhos não faltem às aulas para conseguir receber o auxílio.

Caso tenha acontecido algum problema ou exista algum tipo de esclarecimento que precise ser prestado terá que entrar em contato com o CRAS  e ver o que houve para que receba a parcela em atraso e não tenha nenhum problema com o benefício. Por isso, não deixe de mandar os seus filhos para aula e qualquer questão, esclareça com o CRAS.

Declaração De Frequência Escolar Para Bolsa Família

Declaração De Frequência Escolar Para Bolsa Família